Garantir acesso a educação aos filhos dos agentes da polícia




Categoria: Governação

Etiqueta: Em progresso


Existem memorandos de entendimento entre o Ministério do Interior e instituições do ensino públicas para garantir a educação dos órfãos e filhos dos polícias, funcionários do quadro técnico comum nos diferentes níveis de ensino. Os memorandos incluem a Universidade Pedagógica (2012) e Eduardo Mondlane (2015). A média anual dos beneficiários triplicou de 2015-2017, (136), em relação aos anos anteriores

Explicação

O Ministério do Interior, começou a iniciativa de educação dos filhos dos agentes da Polícia da República de Moçambique, em 2010. As bolsas são principalmente para os órfãos. Os filhos dos agentes que estão no activo beneficiam-se apenas do primeiro pagamento da bolsa.

Segundo as informações do Ministério do Interior de 2015-2017, foram enquadrados 408 orfãos e filhos dos polícias, funcionários do quadro técnico comum e agentes do Estado nos estabelecimentos de ensino desde o primário até superior. A maioria das bolsas é destinada para o ensino superior (96%). Entretanto, a província de Maputo beneficiou em 69% das bolsas comparativamente com as restantes províncias.

Autor da Verificação: